Neste podcast MRG, Affonso Solano e Didi Braguinha convidam Carol Moreira para debater o filme da Mulher-Maravilha!

Assine nosso FEED e classifique o MRG!

Ouça no player à direita, ou clique aqui para baixar a MP3 ou ZIP!

O Meia-Noite está de volta:

Contato:

Contato comercial: beto@matandorobosgigantes.com.br

Dúvidas e entradas musicais para: matandorobosgigantes@matandorobosgigantes.com

58 comentários sobre “Mulher Maravilha e a busca pelo Whey Protein!

    • Aquela leve impressão que o elenco estava tentando agradar a participação feminina e tomando cuidado nas palavras, e tentando passar uma mensagem feministas e a Carol meio que tava cagando pra isso kkk

    • Cara.. nego ta impregnado por discurso político de esquerda mesmo, n tem jeito.. Didi falando de movimento feminista, discussão merda cara, oq tem a ver um filme de super herói com feminismo ? q se foda o feminismo, analisa o filme direito.. Falo nada dessa Carol Moreira, hipocrisia mandou abraço nesse caso do Vin diesel

  1. Eu acho que a atriz Gemma Arterton seria uma Mulher-Maravilha muito boa no quesito físico e de “presença” que eles mencionaram. Desde que anunciaram a Gal Gadot eu pensei nisso.

  2. Os filmes de super heróis me perdem porque sempre acabam com uma cena de ação,que demora muito e tem explosão
    “Carol moreira”
    Carol,não assista filmes de super herois então,até nos quadrinhos tem explosões,como você lê os quadrinhos ?
    Arranca a pagina na hora da ação ?

    • Que isso, Igor?! Tá maluco, cara!
      Carol dá 4.0/5.0 robôs gigantes e você acha mesmo que ela não gostou do filme? Qualquer pessoa pode criticar uma obra que gostou. Deixa ela (e muitas outras pessoas) achar monótono o vilão boboca de CGI “lutando” com a heroína.
      O final foi a parte mais fraca do filme mesmo. Paciência.

      • Tendo a concordar!

        Ainda não ouvi o programa, mas falando especificamente sobre o filme, achei muito bom, mas nem por isso deixei de desgostar de alguns pontos. Das partes que me incomodaram, a batalha na praia e o final foram as única que eu realmente critiquei. Por mais bonita que tenha sido a batalha na praia, as amazonas morreram muito fácil, elas não demonstram ser capazes de enfrentar a Diana em combate, e isso torna o núcleo de Temyscira bem irrelevante, nenhuma delas vai ser vilã ou rival da Diana, não poderiam, o que deixa um vácuo sobre quem será o inimigo dela no segundo filme. E essa batalha final, que, embora eu tenha gostado do Ares, na aparência, achei a luta bem fraquinha, muito “luzes e raios”, esperava mais luta mesmo, ela passa o filme todo lutando, usando manobras de combate, mas no vilão final, foi só arremesso de objetos e rainho, meio broxante…
        O filme é muito bom, mesmo com esses problemas, minha maior crítica é que, com essas amazonas fraquinhas e sem o panteão grego, que pelo que foi dito no filme, estão todos mortos, não vejo muito futuro para a Mulher Maravilha em filmes solo…
        Claro que os deuses estarem mortos pode ter sido só “estorinha de dormir” que a rainha Hipólita contava para impedir Diana de descobrir a verdade…

      • Se qualquer pose criticar deixa o cara falir o que quer, você não faz sentido algum, seu próprio argumento desconstrói o que falou.
        Você é burro ? Você fala de uma forma burra.

  3. A vida da própria Gal Gadot quebra todos os argumentos do Didi em relação ao corpo de uma mulher real, vivendo a Mulher Maravilha! Gal Gadot serviu ao exército Israelense e era instrutora de combate, e nem por isso ela tem um corpo avantajado devido aos treinos. Há pessoas que naturalmente não ganham massa muscular, mesmo praticando os mesmos exercícios físicos e com mesma intensidade que outras pessoas. Fora que há um mistério em torno da origem da Diana, o que dá a entender que ela não é uma amazona normal dentro da história, e ela sempre teve um tratamento diferenciado por ser princesa (Diana tinha babá rsrsrsrs).

    • Servir ao exército que é obrigatório(tanto para homens quanto mulheres) em Israel, fazer algo que é obrigatório, até onde eu sei, não é mérito nenhum.

      • Mas a discussão não é sobre mérito, é sobre ela ter o corpo que tem mesmo sendo instrutora de combate. Ou seja, não precisa parecer a She-hulk devido ao treinamento.

  4. Afonso falando babaquisse, Didi sem carisma nenhum há anos… MRG tá cada vez mais desapontante…. Pelo menos teve uma convidada que vale a pena.
    Vamos mesmo reduzir a discussão que um filme desses traz para a aparência do corpo dos atores.
    Os dois hosts se tornaram um lixo nesse episódio. Lamentável.

  5. Eita, ficaram muito falando sobre a estética do filme e falaram muito pouco do restante. Aquele final foi merda igual Batman vs Superman, do nada a mulher maravilha e o vilão ficaram isolados em uma fodendo base cheia de soldados. Outras duas coisas que eu fiquei com pensando WTF, na parte de trincheira, aonde fala que a guerra ta travada ali a anos e tipo tinha só uns 30 caras de cada lado e aquele atirador de elite que nao atira em ninguém pqp.

  6. Achei o casting da Gal Gadot bem sem graça tb, exemplos de casting melhores:
    Adelaide Kane
    Elizabeth Gillies
    Yuliya Snigir
    Nadia Bjorlin
    mas, irônicamente, talvez o melhor casting teria sido da atriz que pegou o papel que seria da Gal Gadot(por causa da gravidez) em Man of Steel, Antje Traue

    • A Gal Gadot iria fazer a Faora-Ul?!? Carai, isso eu não sabia…
      Mas acho que concordo que a Antje Traue teria sido mais convincente no porte. Embora eu agora ache a Gadot boa para o papel, ela ainda tem muito esse porte de “passarela”, ela é muito delicada no modo de agir, então, independente do físico, não convence muito como guerreira. Antje também não é nenhuma “monstrona”, mas tem uma atitude mais forte…

  7. Primeiramente, parabéns Affonso, seu grito de abertura foi sensacional!
    Com relação ao filme, a protagonista atriz Gal Gadot tem uma beleza hipnotizante e carisma infinito. Mas, acho que mulher com pulso firme e porradeira de verdade, que colocaria aqueles generais no chinelo, seria a Robin Wright, que interpretou a treinadora da mulher maravilha no filme. Ela sim passa a impressão de mulher decidida, forte e que vai resolver o problema que for sem precisar de homem nenhum. A morte dela pesa no filme, mostrando que mesmo com pouco tempo de tela, ela é foda. Na minha opinião, Gadot sofre o mesmo problema de Cris Evans, rostos bonitos, mas com pouco pulso pra pegar um personagem com tanto peso e imposição de respeito.
    Um detalhe do filme: senti realmente falta de uma sujeita quando a Maravilhosa estava nas trincheiras. Era um dos lugares mais sujos e deploráveis do planeta, mas mesmo correndo na lama em meio aos tiros, a heroína continuava com a maquiagem em dia sem nem despentear o cabelo. Não é nada absurdo pra te tirar do filme, mas uma adição de sujeira ali iria aumentar o grau de realidade um pouco mais, na minha opinião.
    O quesito que mais me incomodou é o vilão do filme. A mulher maravilha é muito poderosa, passa o filme inteiro batendo em inimigos que não são nem de perto da altura dela. No fim, acho que perceberam isso e quiseram colocar uma luta equilibrada, mas achei forçado, vilão sem carisma nem sal nenhum, sai do nada e vai pro nada.
    Achei também que o filme pegaria em pontos de combate ao machismo com mais veemência , mas em determinado ponto ele até o ressalta. A mulher maravilha não tem voz no conselho de guerra, o que é normal para a época, mas daí ela esperar sair da sala pra reclamar no ouvido do companheiro? Devia meter o pé na mesa e mandar geral calar a boca. Essa heroína contida e excessivamente inocente não condiz muito com a postura que a maravilhosa tomaria, uma postura que todos respeitam senão ela o faz respeitar.
    Não achei que foi um filmão, é como o Didi “um filme ok”. Acho que a opinião geral achou ótimo, mas é comparado à tragédia que está a trajetória da DC nos cinemas, daí não precisa de muito pra ajudar. Também acho que alguns críticos não deram a opinião de fato com medo de receberem o rótulo de machista.
    Nota: 2,5. Na média, nem mais nem menos. Por fim, adorei o cast! Abs à todos (volta pra reclamar, Beto!).

  8. Nunca achei que iria dizer isso, mas “cala a boca diogo braga” mimizento do caramba. Nego analisa filmes da DC com um peso e filmes da marvel com outro peso, simples assim.

  9. Parabéns ao Diogo por não ficar em cima do muro.O filme é bem ruim. A personagem merecia um filme bem melhor.Entendo quem defende na ânsia de encontrar um filme pra representatividade feminina ,e eu acho que o pessoal não devia ficar puto com quem aponta os erros e sim pela Warner entregar esse lixo e chamar de filme.

  10. Sério mesmo que a maior bronca é o físico da Gal Gadot? 2017 e nego se preocupa com a o físico do personagem, tudo bem ter seus argumentos, mas a personagem é muito mais que forma física, na real é a parte menos importante. Poderiam ter aproveitado mais o tempo para discutir partes mais relevantes do filme, fora isso muito legal a participação da Carol, dou 3 robos gigantes para esse episódio.

  11. Chris Hemsworth tem esse lance de falta de presença, ele pode ficar forte, barbudo cabeludo ou não, ele não tem a presença que o personagem Thor tem nos quadrinhos. A Gal realmente não parece ter essa presença, porém, se o filme é bem feito tem como relevar e isso é algo que talvez ela ganhe já que está no início.

  12. Parabéns ao Didi, perdeu um programa inteiro falando de como estava insatisfeito com os atributos físicos da Gal. Além de passar por nerd punheteiro machista se credenciou a substituir o Rubens Ewald. No mais, a Carol Moreira com uma má vontade monstra.

  13. Atleta de MMA, Affonso? Sério? Lutadoras não são atrizes. A própria Ronda que vc citou já apareceu em dois filmes e pronto, tá lá só pelo nome, atuações tristes. Faça-nos o favor!!!
    É tipo apoiar quando cantores fizeram aqueles trabalhos de dublagem!

  14. Mulher de verdade? WTF? Diogo tá viajando? Ele sabe que a mulher é “MULHER MARAVILHA”, literalmente moldado pra ser uma “DEUSA grega”, tu tá de zoeira? Ela tem que ser fora do normal mano, pelo que notei a Carol ia tocar nesse ponto, mas deixou passar, quando é um superman, ninguém fica de mimimi pq ele não tem barriguinha ou rosto de pedreiro, p*rra pelo contrário, o único deifeitozinho do Henry Cavill tinha, um pouco de pelo no peito, a galera fez um auê danado, inclusive o próprio Didi fica babando a beleza do cara… Sério, os hérois, principalmente os da DC, são Deuses na terra, o filme foi bom e ponto, quer reclamar da Gadot? Show, tem vários defeitos, mas vir dizer que ela não representa bem a mulher “de verdade”? Tu tá de sacanagi comigo…

  15. Gostei da pergunta da Carol sobre a importância do físico em personagens masculinos – já que rolou essa questão de maneira cansativa a respeito do corpo de Gal Gadot. Afinal, é pra contar uma história ou satisfazer o próprio ego com a aparência física de um ator ou atriz? Acho que tem outros meios de se satisfazer assim.

  16. Didi Braguinha tem se tornado cada vez mais babaca. Ele esta tentando mostrar algum tipo de conhecimento e a todo tempo fica defecando pela boca. O cara foi criticar o tom de voz PQP… eu só ouço por causa do Solano.

    Ta difícil de aguentar esse cara com baixo QI dando opiniões de merda.

  17. Sou mais a Gemma Arterton. Ela tem porte de Amazonas como a Hipólita e Antíope no filme. Apesar da Gadot ta ok e n ter me incomodado.

    Tbm tem a questão d presença de tela, e isso independe do porte. Enfim, a única coisa q n gostei no filme foi n ter um mano a mano Vs Ares.

    Temos uma Amazonas com escudo e espada e o Deus da guerra e não rola um embate medieval? porra, ai não.

    ps: botem os comentários pelo disqus.

  18. Elaia saudades avaliação critica de um filme. A critica do cara ao filme se cunhou apenas ao corpo da mulher! Sério? E sim, vocês fizeram podcast de logan, superman e batman e tocaram/entraram nesse tópico do corpo, não basearam toda uma critica e nota em cima disso.

  19. E não, Ares NÃO FEZ GUERRA NENHUMA! Ele apenas deu meios para que os humanos continuassem a própria guerra, esse era um dos pontos do filme, humanos são maus, homens destroem, homens não merecem a Diana.

  20. Pow Solano cê tá reclamando do corpo da Gal Gadot mano?! E o Didi queria que a mulher maravilha fosse a Rita Cadillac ou a Gretchen! Esse mundo tá perdido.

  21. Gostei bastante do filme e o casting todo me agradou. Não tenho reclamações do corpo da Gadot, acho que funcionou bem pra personagem.
    Um ponto positivo que eu gostaria de ressaltar no final do filme foi a diferença entre os dois, da Diana e do Ares. Pra mim ficou bem clara a diferença entre ela, uma combatente treinada com poderes, e um Deus so com os poderes. A Diana querendo sair na porrada e o cara só no “PODEEEER”. A cena no topo de um dos barracões da Diana desviando dos projeteis com o Laço da Verdade foi bonita de se ver.
    Avante Matadores!

  22. Meu deus que mina chata, só reclama, nada ta bom, cheia de nhenhenhe, quase nao deu pra ouvir todo o podcast, sorte que Didi e Afonso salvam

  23. Só acho que o MRG deveria voltar as origens. Andei escutando os antigos e definitivamente eles eram os melhores. Comentários sem compromisso, ZUACAO e etc… Trás o Beto Estrada revolta, trás o cardoso e Marcelo

  24. Não precisa gostar do filme só porque ta todo mundo gostando, mas também não precisa não gostar do filme porque ta todo mundo gostando, não vi porra de site de critica nenhuma e gostei do filme.
    Claro que da pra ver coisa ruim em qualquer filme, mas acho que a analise de vocês falhou e ver muitos pontos bons do filme, como essa parte do corpo da personagem, eu ja acho que combinou muito, questão de opinião é claro, mas acho que uma amazona mais musculosa não iria combinar com a “ingenuidade” da mulher maravilha nesse filme, que foi um dos pontos principais desse filme, mostrar o amadurecimento dela no mundo dos homens, ver que não é apenas o bem vs o mal, que os próprios humanos podem ser bons ou maus, que tem muita merda acontecendo.

  25. Fala serio esse DiDi Braguinha sempre vejo ele gostar absolutamente de tudo mesmo sabendo que de fato é ruim, mais na WW ele não engana ele não gostou mesmo ? pô pegou no pé de mais do filme principalmente da Gal comparar com a senadora orever que tem uma fala e nada mais numa cena de 2 segundos ! O filme é bom mais é sua opinião respeito. rsrsrsrs Mais o ato final é bem merda mesmo muita falta de criatividade das pessoas envolvidas ali, os conceitos visuais do vilão um coco e as coreografias de luta ruins, e tinham algumas frases de impacto genéricas por parte do vilão que pelo amor. Mais consegue se salvar porque lá atras foi muito bom.

  26. MEU DEUS DO CÉU… Vocês chamaram a PIOR PESSOA DO BRASIL pra participar do programa, uma mina chata pra caralho, fraca em questão do mundo Nerd e ainda totalmente desinteressada pelo assunto e pelo programa, o que eu acho um PUTA DESRESPEITO ao trabalho dos garotos do MRG.

    “ain eu não acho legal essas cenas de luta…” MEU DEUS VELHO, você não é nerd… não é possível….

    Na moral, esse foi o pior MRG que eu já ouvi, essa mina é ridícula… cada segundo que ela fala é um porre….

    Agora pro Diogo e pro Afonso, concordo com boa parte do que vocês falaram, realmente o Ares estava simplesmente maluco aehaeuhauehuhaeuhaeuhea.

    E eu também esperava uma mulher maravilha mais forte, pela personagem ser uma guerreira.

    Abraço para os matadores!!!

    • Concordo, ela é um porre. Reclama de ação em um filme de super heroína de quadrinhos? Assistia Almodovar quando criança? Se foi assim mesmo, tá assistindo o tipo de filme errado.

  27. Sobre o físico da Gal: não que precise mudar, mas se ela desejar, pode ir trabalhando um corpo mais atlético ao longo da franquia como o Hugh Jackman fez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *