Neste podcast, Didi Braguinha, Beto Estrada, e Affonso Solano assistem as novas palhaçadas de Pennywise!

Assine nosso FEED e classifique o MRG!

Ouça no player à direita, ou clique aqui para baixar a MP3 ou ZIP!

Didi e Solano estão CONTRA AS MINAS neste Gameplay:

Contato:

Contato comercial: guedes@matandorobosgigantes.com

Dúvidas e entradas musicais para: matandorobosgigantes@matandorobosgigantes.com

  • “Meu salário não me satisfaz.
    O bruto me maltrata,
    o líquido escorre pelas mãos.”

    Cuidado com a robotização!!! õ>

    • Gilmar Junior

      Flaminio, você criou um software de comentarios automaticos? haha Estou monitorando essa budega de site no olho desde de sexta haha Parabens mano…

      Maldisto robôs, mal posso ver seus movimentos

      • Sem comentário automático. Pobre de mim, não tenho capacidade. Um pouco de muita sorte talvez.

      • Gilmar Junior

        haha humilde o rapaz ainda

  • Ronaldo

    oi, perdi pro Flaminio, bons tempos de F5 voltaram, e eu continuo em segundo!! kkk

  • Henrique Snow

    Damn, não foi dessa vez de novo! ): hahah

  • Letícia Garcia

    Poxa, tô atualizando o site desde sexta. Aí fui fazer o trabalho da faculdade e toma aí! Enfermagem me sabota até no F5. hahaha

    • BELIEVE IN YOURSELF!!

      • Letícia Garcia

        Live to win, ‘till you die, ‘till the light dies in your eyes. Live to win, take it all, just keep fighting till you fall

        Pode deixar, vou ganhar o próximo!

  • Esse filme é excelente! Melhor exemplo de que uma boa adaptação não precisar seguir o livro exatamente ao pé da letra, mas escolher o melhor caminho para se chegar ao mesmo destino.

  • Jubileu Ousado

    Afinal é segunda ou sexta?

  • 14/7/2017 ? Arruma aí!

  • Filipe Bortoletto

    Também daria 4,8, porque eu queria que o filme mostrasse um pouco mais a cidade como personagem ali.

  • Filipe Bortoletto

    Ah e mais uma coisa que achei incrível nas sessões de IT que eu fui, as pessoas aplaudiram no final. Não era uma saga adolescente, nem uma grande adaptação épica super conhecida, e era um filme de terror, então foi sensacional para eu ver essa reação das pessoas, de aplaudir em pé no final, em um filme de terror.

    • Felipe Barbosa

      Na minha sessão também aplaudiram. No final e numa cena específica.

      • Filipe Bortoletto

        Ah sim naquela cena tbm com direito a gritos e assovios hahah, mas eles aplaudiram mesmo durante os créditos.

    • Raro mesmo! Que maneiro.

      • Luisqe5

        Aqui a galera aplaudiu no final do Transformers.kkkkkk

  • Isabela Mendonça

    O Beto leu mesmo o livro? Falou um monte de informações equivocadas sobre ele.

    • Ler a gente não tem certeza. Mas andar c/ ele debaixo do braço ele andou! 😀

  • NapoliThanos Full Nude

    Faltou mais terror no filme mas foi legal

  • David Webb

    Na verdade o “rapaz” é dinamarquês e não polonês como disse o Affonso

    • UOPS! Excuse-me.

      • Jéssica Dalcin da Silva

        E eis o título! Batizarei a música de “Excuse-me, Creuza”

    • Na verdade o “rapaz” é dinamarquês e não polonês como disse o AffonsoNa verdade, é sueco. 😉

  • Jéssica Dalcin da Silva

    Ah não! Eu tava aqui preparando uma bela canção pra mandar de aniversário pro Affonso, mas não há formas de competir com esse Final Countdown, minha abertura favorita ao lado das versões do Polifônico. Mas essa abertura é do ano retrasado, vale para a premiação 2017? Ainda há esperança??

    • Mande a sua!! Ocasionalmente estamos republicando entradas clássicas! 😀

      • Jéssica Dalcin da Silva

        Êba! Beijinhos meus, Evandro e Helena em vcs!

  • José Vitor De Camargo

    É pedir demais um mrg sobre dark souls e (ou) bloodborne?

  • Leonardo Felix

    Minha abertura favorita s2 sempre canto Final Countdown assim.

  • Hiuri Brandão de Sousa

    Caraca essa música do final causa uma perturbação foda hahahahaha

  • Caio Pieroni

    O rapaz, Bill Skarsgård é sueco, nem polonês e nem dinamarquês como falaram em outro comentário, e a pronuncia do Beto foi uma obra de arte hahahaha

  • joaquim

    Quando eu vi tinha um cuzão na cadeira atrás da minha

  • Danilo

    Cara, eu tava lembrando dessa abertura esses dias. Quando eu escutei o primeiro MRG com essa música eu surtei, gostei demais. Eu tava em outra época da minha vida e o começo desse episódio me levou às velhas lembranças. Vocês evoluíram bastante de lá pra cá. Continuem assim.

  • Lucas Camargos

    Muito bom!

  • The Matth
  • Luis Fernandes

    Eu que sou um cagão para terror não fiquei com medo. Eu fui pensando que seria algo que trabalharia mais o medo e apreensão,isso aconteceu em todos os medos humanos e não quando a coisa incorporava os medos da criança. Eu fiquei tenso demais quando as crianças passavam pelas situações reais, o gordinho na ponte eu n esperava que chegaria tão longe. Quando o filme acabou eu não classificaria como terror, mas uma aventura.

  • Mauricio Martins da Rocha

    Mussum não era palhaço mesmo, ele era sambista, inclusive muito bom, já fazia muito sucesso.
    Não foi de graça que a Mangueira decretou luto na morte dele.

  • Davi Cruz

    Saudade de um podcast bacana como foi esse! assisti IT no cinema com meu pai… muita gente aplaudiu algumas cenas. Amei o filme!

  • Patricia Hachiguti

    Eu fui sozinha ao cinema, achei que ia me cagar de medo mas no final eu tava era rindo do palhaço, não que eu tenha achado o filme ruim, pelo contrário gostei muito mas pra mim deixou de ser terror e se tornou uma aventura.

  • Tacio Gonçalves

    Poderiam fazer um MRG falando da adaptação do Gerald’s Game que saiu agora na netflix.